Monday, April 29, 2013

ahahahah Esta tem piada! Mas é preciso cuidado...



mas coitadinho! é assim, às vezes enfiamo-nos em sítios dos quais depois não conseguimos sair. é preciso cautela!
https://i.chzbgr.com/maxW500/7327817472/h51A728A6/

Não posso mais, Pedro Abrunhosa

Sunday, April 28, 2013

Friday, April 26, 2013

Tuesday, April 09, 2013

é desta que me caçam





A ACAPOR e governo dos Estados Unidos estão a fazer pressão sobre mim para fechar o blog por estar a partilhar livremente o filme da minha vida!!(º!º)!





Monday, April 08, 2013

Cabras


Friday, April 05, 2013

Culpados de tenta matar a cantora pop Joss Stone




Kevin Liverpool (35 anos) e Junior Bradshaw (32 anos), ambos de Manchester (Inglaterra), foram considerados culpados de conspirar a morte de Joss Stone. Liverpool já recebeu a sentença - prisão perpétua, tendo de cumprir pelo menos dez anos e oito meses.

 FONTE: METRO

Thursday, April 04, 2013

Vida de Joss Stone em risco?

Brevemente vos trarei informações sobre este tópico!
Não percam pitada em...

Teorias do professor de Psicologia

O vosso blogue de eleição!
 
s

Wednesday, April 03, 2013

Joaquim Passos Dias Aguiar
O Tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, o Tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem.

Tempo

Hoje estava muito escuro no início. No início do dia. Escuro de noite é normal. Estava um céu muito cinza. E choveu daquelas gotas grossas. Aquela chuva que se acumula no vidro dos carros, que parece que está a sair de uma mangueira. Choveu e fez sol. Mas não ao mesmo tempo. Pelo menos não reparei que tenha sido ao mesmo tempo. Estava de costas, não vi. Não sei. Esteve sol de tarde. Mas às vezes olhava pela janela e estava tudo como se estivesse acabado de chover. Não vi. E esta noite deve ter trovejado. Perguntaram-me se tinha acordado com um estrondo. Quando? 3h. Não dei por nada. Nem vi a trovoada. Não vi.

Tuesday, April 02, 2013

Gmail Blue


Monday, April 01, 2013

Google Nose

O google fez das suas outra vez! Agora podemos cheirar tudo na internet. Já sentia falta de uma coisa assim há imenso tempo, finalmente aconteceu, obrigada! Há distância de alguns cliques.

Entrando neste link
Google Nose
é só clicar no botão para experimentar o Google Nose Beta e podem cheirar o que quiserem! Já me fartei de cheirar hoje.



Pata





pato pata relva sol verão primavera trevos dentes de leão verão férias calor bom tempo ar livre

Dia das Mentiras

Sol,
Solezinho.
Sozinho,
No céu azul.
Mais umas nuvens.
A pata,
Lá fora.
Brinca.
Sozinha,
mais um gato que se anda a passear.
No muro do quintal.

História

Tenho agora uma história que aconteceu a um amigo meu. Ele vai, vira-se para mum e diz ao desejar-me boa páscoa «Se estiveres com um primo da tua idade, nunca vás jantar só com ele a um restaurante a um sábado à noite». Bem, comigo era mais "se estiveres com uma prima" mas enfim, foi o que ele me disse. Claro que lhe perguntei a que propósito vinha aquilo. Vou agora contar, como se fosse o meu amigo em questão mas não nas exatas palavras dele, o que ele me contou

Sabes, é que o meu primo veio cá no fim de semana passado. E decidimos nós ir comprar umas pizas para o jantar e a caminho passámos por um restaurante chinês ao que eu digo "Não vou ao chinês há tanto tempo" e ele "Eu também não, vamos?" e eu "Sim, tens a certeza?" e ele "Ya". Então fomos. Quando entrámos o pessoal ficou um bocado a olhar para nós. Imagina, o restaurante cheio de família e casais e entramos nós. Nós temos a mesma idade e não somos nada parecidos um com o outro, não parecemos parentes. Eu ainda comentei os olhares com o meu primo mas ele não fez caso. No final da refeição ele pediu sobremesa e eu não. Então a senhora trás a dita cuja e diz "Trouxe duas colheres!". Eu senti-me revoltado. E no final para piorar não levei dinheiro suficiente e o meu primo pagou tudo com cartão. Enfim, foi uma vergonha. Uma pessoa já não pode ir jantar com um primo e pensam logo que sou homosexual... Ainda pensei em dizer "Ele é meu primo!" mas achei que não ia resolver nada. Daí a lição: Nunca vás a um restaurante sozinho com um primo da tua idade, a um sábado à noite.




Enfim, achei que isto era oiro e não quis ficar com o conhecimento só para mim. Espero que tenham apreciado. E o meu poema também. Talvez faça outro ainda mais bonito, estou para aí virada.

Poema

Mudou a hora.
Os temas dos meus sonhos continuam os mesmos.
Revejo os últimos acontecimentos e sem querer parece que os somo para tentar perceber o futuro disto.
Chove a potes.
E eu não quero o futuro. Quero o presente. Quero que seja agora.
É páscoa.
Um almoço de cabrito, como manda a tradição. Talvez alguém ao terceiro dia tenha dito "Que venha o cabrito, estou cheio de fome."
Muda a hora.
Mas talvez nunca venha a ser.
Talvez eu tenha deixar de ser mistério para qualquer outra coisa acontecer.
Olho a luz a rua e sinto-me nas seis. Mas o relógio diz que passam as sete, o jantar quase a chegar e tanto filme tenho ainda para ver.